Talvez você nem imagine, mas o chocolate pode causar terríveis malefícios

O artigo Talvez você nem imagine, mas o chocolate pode causar terríveis malefícios faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.

Difícil encontrar alguém que não seja completamente apaixonado por chocolate. E na hora de datas comemorativas como Páscoas ou aniversários de criança, fica mais complicado ainda conseguir controlar os desejos. Mas é preciso ter cuidado; o consumo exagerado do chocolate pode trazer diversos danos à saúde.

Algumas teorias supõem que a ingestão excessiva do chocolate pode induzir um comportamento muito parecido com a síndrome de abstinência.

Segundo a nutricionista, embora não haja comprovação científica de que o chocolate pode causar dependência, algumas pessoas aparentam ter reações psicofarmacológicas inerentes a um vício.

“O açúcar já é responsável por uma sensação de prazer, e tem ainda um efeito psicológico incutido na educação quando ainda somos crianças. O apelo sensorial e a composição química associada ao estado psicológico e a fatores cognitivos parecem ser os determinantes da busca pelo chocolate”, pontua a especialista.

Consumido de forma responsável, o chocolate pode até fazer bem à saúde

O segredo é consumir o chocolate com moderação e optar pelos mais saudáveis (Foto: depositphotos)

Riscos de comer muito chocolate

De acordo com a nutricionista, não é necessário parar com o consumo de chocolate, mas é imprescindível comê-lo de forma moderada e ocasionalmente. Quando consumido de forma responsável, o doce pode até fazer bem à saúde, ajudando a diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

Qual a quantidade saudável de chocolate?

O consumo do chocolate deixa de ser algo saudável quando é consumido quantidades superiores a 6,7 gramas por dia, o que equivale a um quadradinho duas a três vezes por semana.

Porém, para conseguir obter benefícios através da ingestão de chocolate, ele deve ser do tipo meio amargo e nunca ao leite ou branco.

Chocolate vicia

Consumir chocolate em excesso não somente estimula o vício, como também prejudica o corpo, pois o alimento é bastante calórico e açucarado. Quanto maior a quantidade consumida, maior a chance do desenvolvimento do complicações cardiovasculares.

Para aqueles que consomem muito chocolate, a nutricionista indica a realização de exames periódicos para a avaliação de glicose, colesterol e pressão arterial. “Um médico deve ser procurado para analisar os resultados e conceder um diagnóstico preciso sobre quantidades adequadas a cada organismo. Comer chocolate sim, mas a moderação é o segredo”, alerta.

Descubra quanto de antioxidantes contém cada tipo de chocolate

O artigo Talvez você nem imagine, mas o chocolate pode causar terríveis malefícios faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.


Source link