Quais são os chás proibidos para quem tem pedra nos rins

O artigo Quais são os chás proibidos para quem tem pedra nos rins faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.

A falta de cuidado com a alimentação e a baixa ingestão de água pode acarretar em um problema bastante conhecido entre as pessoas: pedra nos rins. Também chamada de cálculo renal, esse problema pode trazer uma série de prejuízos para o bom funcionamento do corpo e, acima de tudo, para o bem-estar. Recorrer a ingredientes naturais, como os chás, dependendo do tipo, pode não ser um bom negócio.

O mais sensato é procurar um médico de imediato. Só ele tem conhecimento suficiente para avaliar o grau da doença e, consequentemente, recomendar o tratamento mais adequado, que pode ser através do uso de medicamentos, adequação na alimentação, reforço na ingestão de água e, para os casos mais graves, a cirurgia é inevitável.

A pedra nos rins

Também conhecida por cálculo renal, a pedra nos rins é um problema ocasionado pela pouca ingestão de líquidos, falta de cuidado com a alimentação, fator genético e até algumas doenças em específico. Esse tipo de problema incide sobre o sistema urinário. Alguns dos principais sintomas identificados nos pacientes que sofrem com o problema são: dor intensa e identificação de sangue na urina.

A pedra nos rins atinge indivíduos de 30 a 50 anos e alguns chás devem ser evitados

Alimentos como sal e suco de laranja devem ser evitados (Foto: depositphotos)

Dependendo da intensidade do problema, o paciente também pode apresentar dor intensa nas costas, queimação ao urinar, náuseas e vômito, além de calafrios e febre. As formas mais indicadas de tratar o cálculo renal é através da utilização de medicamentos e reforço na ingestão de líquidos. Nos casos mais graves, a cirurgia é inevitável. Alimentos como sal e suco de laranja devem ser evitados.

O cálculo renal é mais comum de ser identificado nos homens. A nível de proporção, a cada três homens que apresentam o problema, aparece apenas uma mulher. Na maioria dos casos, a pedra nos rins atinge indivíduos de 30 a 50 anos, com forte risco de reincidência da doença, podendo chegar a 50%, resultante dos maus hábitos seguidos. Muito deles ainda apresentam a doença pela terceira vez.

Quais os chás proibidos para quem tem pedra nos rins

Depois de conhecer um pouco mais sobre a doença, agora chegou a hora de levantar a bandeira da atenção. Não é porque o tratamento é feito a partir da utilização de ingredientes naturais que o paciente não deve estar atento ao que ele pode acarretar para a sua saúde. Nesse sentido, preste atenção em algumas ervas que são proibidas para quem tem pedra nos rins.

Veja tambémChás que ajudam a tratar pedras nos rins

Chá verde

Esse tipo de chá é um dos mais conhecidos e consumidos pelo mundo. Entre os benefícios que ele pode trazer para a saúde estão o efeito antioxidante, a possibilidade de evitar doenças degenerativas como aterosclerose e artrose, além de prevenir alguns tipos de câncer, como o de boca, pulmão, pele, ovário, próstata e mama. Por acelerar o metabolismo, ele também é usado para emagrecer.

Um dos princípios do chá verde é que ele é bastante diurético, o que pode fazer bem aos pacientes com pedra nos rins. Porém, o excesso dessa bebida pode acarretar em danos ao fígado e também aos rins. Isso acontece devido à forte presença da cafeína. Por isso é importante que o médico seja consultado antes de inserir a bebida em qualquer que seja o tratamento.

Chá preto

O chá preto tem vários benefícios associados ao seu uso. Ele contém polifenóis, antioxidantes, que protegem o organismo da ação dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. É também eficiente na otimização da imunidade no organismo. O chá ajuda no combate à pressão alta, ainda evita a disfunção vasomotora, reduz a possibilidade de doenças cardiovasculares e estimula a memória.

Veja tambémSerá que os tomates podem causar pedras nos rins?

Embora todos esses benefícios, o chá preto também possui cafeína em sua composição. Quando ingerida em excesso, essa substância pode trazer sérios ricos ao funcionamento dos rins, consequentemente, na aparição de pedras.

Chá mate

Já foi comprovado cientificamente que o chá mate é rico em vitaminas dos complexos A, B, C e E, além de conter grande quantidade de proteínas e minerais como cálcio e potássio. A erva também possui alta concentração de flavonoides, o que evita a oxidação acelerada das células do corpo. Quando o assunto se volta para a parte renal, o mate pode ser considerado um verdadeiro vilão.

Essa erva é rica em uma substância conhecida como oxalato, ela repõe a perda de nutrientes após exercícios físicos. Porém, ele contém uma alta concentração de sódio em sua composição, o que não é nada benéfico para os rins. No órgão, ele eleva a concentração de cálcio na urina, um grande culpado em casos de cálculos renais.

Veja também: Tratamentos naturais para pedras nos rins

O artigo Quais são os chás proibidos para quem tem pedra nos rins faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.


Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*