Propriedades e benefícios do chá de rosa vermelha

A rosa vermelha possui propriedades adstringentes, antissépticas, antialérgicas e antidepressivas

Conhecida por fazer suspirar o coração dos apaixonados ou como forma de agradar a pessoa amada, as rosas vermelhas, além de acalentarem a alma, também servem para tratar alguns problemas de saúde. Por meio do preparo do chá dessa espécie é possível se ver livre das incômodas cólicas menstruais, melhorar a circulação, tonificar o coração e combater o envelhecimento precoce das células.

Nativa da Europa central e da Ásia, a rosa vermelha também pode ser conhecida como rosa-francesa, roseira-francesa, roseira-rubra, rosa verdadeira e rosa de jericó. Essa espécie pertence à famíliadas Rosaceae e são plantas de pequeno porte em formato arbustivo ou trepadeira. Suas folhas são compostas e alternadas. As flores são usadas como elementos decorativos, já que possuem grande beleza.

Geralmente o cultivo dessa planta está relacionado a lugares que apresentam clima temperado. Quanto a utilização nos tratamentos naturais, uma das formas mais usuais é pelo preparo do chá. Ele pode ser feito com a utilização das pétalas. Mesmo se tratando de um ingrediente natural, o aconselhável é que o médico seja consultado, antes de incluir a rosa vermelha em qualquer que seja o tratamento de saúde.

Foto: depositphotos

Benefícios da rosa vermelha para a saúde

A rosa vermelha possui propriedades adstringentes, antissépticas, antialérgicas e antidepressivas. Suas pétalas são ricas em vitamina C, o que atua na tonificação do sistema imunológico. Essa mesma substância age como antioxidante, impedindo a proliferação de toxinas e radicais livres no corpo, o que também está ligada à prevenção do envelhecimento precoce e saúde da pele e do cabelo.

Além disso, o chá de rosas vermelhas trabalham para atenuar cólicas menstruais, melhorar a circulação, tonificar o coração e como calmante. Uma outra propriedade medicinal presente nas rosas vermelhas é a capacidade de prevenir problemas cardiovasculares, osteoporose e até mesmo o câncer. Isso só é possível, graças a uma substância chamada polifenol.

Essa espécie também faz bem para a pele, sobretudo para as pessoas que possuem espinhas e cravos.

Chá de rosa vermelha

Para preparar o chá de rosas vermelhas você vai precisar de 200 ml de água filtrada e duas colheres (de chá) de pétalas secas ou três colheres (de sopa) de pétalas frescas. O primeiro passo é colocar a água par ferver em um recipiente com tampa. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente as pétalas. Deixe o recipiente tampado por 10 minutos.

Passado esse tempo, use uma peneira para remover todas as pétalas e o chá estará pronto para ser ingerido. A indicação é que o chá seja ingerido sem adoçar, mas se for o caso opte pelo mel. A dica é beber até duas xícaras por dia, evitando superdosagens e efeitos colaterais indesejados.


Source link