O chá produz mudanças epigenéticas na mulher para combater o câncer

Não é novidade que o chá é a segunda bebida mais consumida no mundo, logo depois da água.

Qualquer uma de suas variedades é saudável. Seja o delicioso chá verde ou o chá branco (este último conhecido por conter uma grande quantidade de antioxidantes), são ideais para favorecer vários processos em nosso organismo.

 

A Universidade de Upsala, na Suécia, nos traz um interessante trabalho onde demonstra-se que o consumo regular de chá produz mudanças epigenéticas nas mulheres. 

As mudanças epigenética são modificações químicas com a capacidade de “acender” ou “apagar” determinados genes.

No caso das mulheres, pode-se ver que são ativados determinados genes capazes de interagir a modo de proteção ante os processos cancerígenos e com o metabolismo do estrogênio.

Hoje em nosso artigo mostraremos toda a informação a respeito deste tema que, sem dúvidas, será de seu interesse.

O consumo regular de chá é muito positivo para as mulheres

Loading...

A diretora deste trabalho é a doutora Weronica Ek, do departamento de imunologia, genética e patologia da Universidade de Upsala, na Suécia.

Para chegar a esta interessante conclusão, foi conduzido um estudo sobre diferentes grupos populacionais da Europa ao longo de 5 anos.

Analisou-se o efeito que o café e o chá poderiam ter a nível genético tanto em homens como em mulheres. Os resultados foram os seguintes.

As catequinas do chá, agentes anticancerígenos

O primeiro que puderam comprovar é que o consumo de café não exercia mudança alguma a nível genético.

No entanto, no caso do chá (sem importar se é verde, negro ou branco) sim pareciam ter várias coisas realmente interessantes.

  • A primeira é que favorecia diversas mudanças epigenéticas nas mulheres, mas não nos homens.
  • Muitas dessas mudanças epigenéticas foram encontradas nos genes implicados no desenvolvimento e inibição do câncer e no metabolismo dos estrogênios.
  • Estudos anteriores já tinham demonstrado, que o consumo regular de chá verde reduzia os níveis de estrogênio.
  • Os componentes farmacologicamente ativos do chá, como é o caso das catequinas, são as que mais impacto têm nas células cancerígenas.
  • Tanto os polifenois como as teaflavinas e as tearubiginas são capazes de proteger a nossas células e o próprio DNA frente a proliferação celular e a apoptose.

Por que o chá beneficia mais as mulheres do aos homens?

Mulher que consume chá

Loading...

Source link

Loading...