María Dolores Ballesteros, mexicana de 80 anos que obteve três diplomas

María Dolores Ballesteros sonha em fazer mais mil coisas na vida.

É como se seus olhos, suas mãos, seu coração e, acima de tudo, sua mente, não se contentassem com todas as conquistas, com todos os triunfos alcançados… Ela quer mais.

Se essa mexicana de 80 anos é notícia em nossos dias, não é apenas porque conseguiu se formar em Direito pela Universidade Nacional Autônoma do México (UAM), mas também porque esse diploma é o terceiro que obtém.

Em seu currículo, María Dolores Ballesteros já conta com a titulação em Relações Laborais e também em Enfermagem.

Sua grande paixão é o trato com as pessoas, é prestar um serviço, seja ele na área de saúde, jurídica ou social.

Seu compromisso com quem necessita de algum tipo de assistência não parece ter limites, assim como seu afã por aprender, por ter contato com seu entorno, por nutrir sua curiosidade e paixão pela vida e pelo conhecimento.

Como ela mesma explica, ter muitos projetos em mente é o que a mantém viva.

Estamos diante de um exemplo de vida. Uma mulher que inspira, que nos enche de esperança pela sua força, otimismo e vitalidade. Quando envelhecermos, todos deveríamos querer ser como María Dolores Ballesteros.

A idade é apenas um número, não uma barreira

Loading...

Poderíamos dizer que a idade manda a conta, que nada escapa ao passar do tempo, à dor nos ossos e articulações.

Também poderíamos fazer referência à vitalidade que se escapa, às doenças que chegam, aos cabelos brancos, às rugas, às dores nas costas e ao coração que já não é jovem e que, às vezes, se cansa…

Poderíamos dizer isso e muito mais, e em tudo teríamos razão. Porque amadurecer, tornarmo-nos mais velhos e chegar aos 70 e aos 80 anos em perfeito estado físico é uma bênção que nem todos alcançam.

Pode ser que o corpo doa, que não sejamos ágeis, que, com a mudança do clima, a artrite nos afete mais, mas o que o tempo não pode alterar, enfraquecer ou destruir é nossa atitude diante da vida.

Leia também: “Os 5 tipos de felicidade que você pode experimentar

É quando temos poder, porque uma mente com esperança não se importa com a idade, não se rende e se alimenta de projetos com os quais seguir se sentindo jovem.

Porque a juventude é uma arte na qual todos devemos investir tempo e esforço, como María Dolores Ballesteros.

Desde muito cedo, seus pais lhe estimularam a seguir uma boa direção, o estudo e, por isso, sempre repetiam a mesma frase para ela:

“Você nasceu para estudar, não para lavar pratos”.

María Dolores Ballesteros, uma vida de conhecimento e serviço social

María Dolores Ballesteros

Loading...

Source link

Loading...