Há insetos em sua casa? Descubra como afastá-los

Os insetos não costumam ser dos animais mais queridos. É que há poucas coisas mais incômodas que acordar no meio da noite por causa do zumbido de um mosquito que sobrevoa nossa cabeça.

Tal barulho ativa seu sistema de alerta, por isso pode causar insônia. Além disso, o cansaço do dia seguinte é incomparável, devido ao estado de vigília  em que ficamos a noite toda.

Se isso já lhe ocorreu alguma vez, você se deparou com uma única obsessão: acabar com eles. Há muitos métodos que servem de ajuda para acabar com os insetos em sua casa, porém, nem todos servem para tudo.

Por outro lado, quando estamos em plena mudança de estação, é provável que ocorra uma aparição repentina de diferentes tipos de insetos, especialmente formigas e baratas.

Apesar destas não causarem coceiras, sua presença em casa é indesejável por higiene e pelo incômodo que geram ao seu redor.

Insetos voadores e corredores

Como se pode intuir, a diferença essencial entre um e outro é o meio em que se movem.

Enquanto que os insetos voadores usam o ar para se mover, os corredores se arrastam ou andam pelo chão.

É importante ter em conta isso para combatê-los, já que o mais útil para afastá-los é atuar sobre sua locomoção.

Lembre-se de que todos os animais têm uma função no meio ambiente. Nosso principal objetivo tem que ser afastá-los de casa e não matá-los, a não ser que tenham se transformado em uma praga incontrolável.

Truques para evitar a presença de insetos em sua casa

1. Mosquiteiros

É uma solução muito eficaz. Só tem que colocar uma tela mecânica nas janelas e outras vias de acesso. O objetivo é que o ar possa entrar em seu apartamento, ao mesmo tempo em que os insetos ficam retidos na malha.

É certo que do ponto de vista estético não é o melhor que pode fazer, mas apresenta a vantagem de que não é tóxico. Assim, a possibilidade de alergias ou outros problemas que os produtos químicos podem causar é descartada.

2. Inseticidas elétricos

Como a anterior, esta é indicada para os voadores. Estão disponíveis em todos os supermercados e farmácias.

Trata-se de plugues que dispõem de aplicadores especiais. Estão cheios de uma substancia que os mosquitos detectam graças ao olfato. Ato seguido, os mosquitos os identificam como uma ameaça e decidem fugir do local.

Ao usá-los é recomendável que deixe as portas abertas, principalmente se o quarto for muito pequeno. Os humanos não percebem o líquido, mas o inalamos, por isso podemos adoecer.

Tome esta precaução sempre que puder, principalmente se tiver crianças no local.

3. Plantas aromáticas para enfrentar os insetos em casa

Plantas aromáticas para enfrentar os insetos em casa

Talvez esta seja a mais simples e mais funcional. As melhores plantas são:

Como acontecia com o remédio anterior, a chave está no odor.

Quando o detectam, os insetos não querem mais se aproximar do local de onde vem o cheiro. Além disso, você poderá usá-las para cozinhar ou para outros remédios naturais.

4. Conservar bem os alimentos

É bom para evitar tanto os voadores quanto os corredores. A comida é um manjar irresistível para ambos os grupos.

O melhor é guardá-la na geladeira ou em potes herméticos fechados, com a meta de que não estejam nem ao alcance do seu olfato e nem deles.

5. Cobrir as aberturas com silicone

Silicone para afugentar os insetos

Aqueles insetos que se movem andando ou se arrastando, encontram nas gretas das paredes e nos banheiros um caminho perfeito para entrar em sua casa.

Por isso, se você quiser se livrar deles, o ideal é selar todas as frestas que encontrar.

6. Jogue repelente nas vias de acesso

Este recurso é similar ao do inseticida elétrico. Neste caso, você deve pôr o produto diretamente debaixo das portas, janelas, balcões, etc.

Considere a toxicidade dos mesmos e procure ter o espaço aberto durante um tempo.

Com estes conselhos simples você vai se desfazer dos insetos de sua casa, sem a necessidade de matá-los.

Assim, alcançará um alto grau de conforto sem danificar o meio ambiente. É uma questão que todo mundo deveria ter em conta,  já que a saúde de nossa verdadeira casa, o planeta, está em jogo.


Source link