Excesso de pelo facial nas mulheres: causas e formas de evitar seu crescimento

A presença de pelo é um assunto como qual poucas mulheres estão contentes, apesar de ser algo natural.

Por isso é raro que, somente durante o verão, 80% das mulheres em países como a Espanha, por exemplo, realizem qualquer tipo de depilação em casa, segundo um estudo de Veet.

Porém, quando se trata de um excesso de pelo facial nas mulheres, a situação piora. Isso acontece porque este tipo de pelo é próprio dos homens e dá um aspecto varonil com o qual realmente muitas se sentem incomodadas.

A pior parte é que nem tudo fica no estético. O pelo facial feminino pode ser sintoma de que algo não está bem com seu corpo.

Continue lendo e descubra as causas deste tipo de problema para solucioná-lo antes que seja um verdadeiro problema.

O que é o hirsutismo ou excesso de pelo facial?

O hirsutismo é a forma médica em que se denomina o excesso de pelo nas mulheres. Este crescimento pode ocorrer em diversas regiões:

  • Rosto;
  • Pernas;
  • Peito;
  • Costas;
  • Abdômen;

Esta situação costuma se dever ao descontrole de certos hormônios masculinos.

As mulheres produzem de forma normal baixos níveis de hormônios masculinos para manter o equilíbrio, mas não o necessário para causar outros problemas.

Visite este artigo: Como eliminar os pelos do rosto naturalmente

1. Genética, a relação do fator racial com o excesso de pelo facial

Loading...

As mulheres do subcontinente índico e dos países mediterrâneos são mais propensas ao desenvolvimento do pelo facial não desejado em comparação com as mulheres de origem europeia, oriental e americana.

Porém, se em sua família existiram casos de mulheres com hirsutismo, suas probabilidades aumentam.

Procure conversar com as mulheres de sua família, especialmente com aquelas que tenham excesso de pelo facial. Esta é a melhor forma de descobrir se isso é normal nelas ou se é devido a algum problema médico.

Se for o segundo caso, procure descobrir de qual problema se trata para tê-lo em mente.

2. Síndrome de ovário policístico

O ovário policístico é uma das doenças femininas mais comuns que há. Em algumas mulheres, esta síndrome pode passar anos sem causar problemas e nem ser detectado.

Outras mulheres podem apresentar sintomas bastante marcados e um deles é o crescimento anormal do pelo no queixo.

Se você já sabe que tem a síndrome do ovário policístico, mas não tinha apresentado problemas de excesso de pelo até agora, é importante procurar um médico para descartar que a síndrome tenha piorado.

O melhor método para controlar o pelo neste caso é:

  • Manter o avanço da síndrome bem vigiado;
  • Acudir a todas as consultas com seu médico para avaliar sua situação;
  • Seguir todas as instruções que seu médico passou;

3. Síndrome de Cushing

Mulher tirando exesso de pelo facial

Loading...

Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*