Estimular o sistema linfático com 5 remédios à base de ervas

Saiba como estimular o sistema linfático, o responsável por manter nossos tecidos e células saudáveis através de uma série de processos que permitem liberar toxinas e agente patogênicos.

Ele consiste em uma rede de dutos pelos quais circula a linfa, uma substância transparente cuja composição é similar à do plasma sanguíneo.

Entre outras coisas, é essencial para a produção de glóbulos brancos e, além disso, participa no controle da inflamação e na formação de anticorpos.

No entanto, como ocorre com todo o organismo, o acúmulo de resíduos pode interferir em suas funções e, produto disso, aparecerem doenças graves.

Na verdade, a insuficiência circulatória, o sobrepeso e os transtornos metabólicos se relacionam de algum modo com as dificuldades neste sistema.

Por esta razão, é bom adotar hábitos e remédios para estimular o sistema linfático antes de ter problemas de saúde que exijam um maior cuidado.

No seguinte artigo compartilharemos cinco bons remédios à base de ervas que, se ingeridos de forma regular, ajudam a manter o sistema linfático em bom estado.

Experimente!

Soluções caseiras para estimular o sistema linfático

1. Trevo vermelho

Graças a suas propriedades desintoxicantes e anti-inflamatórias, a infusão de trevo vermelho nos ajuda a remover as toxinas do sangue para melhorar o funcionamento do sistema linfático.

Seus compostos antioxidantes otimizam a atividade celular e, ainda, combatem o impacto negativo dos radicais livres.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 mL)
  • 1 colher de trevo vermelho (10 g)

Modo de preparo

  • Coloque a xícara de água para ferver e, um pouco antes de começar, adicione o trevo vermelho.
  • Deixe repousar em temperatura ambiente durante dez minutos e coe.

Modo de consumo

  • Consuma uma xícara da infusão em jejum, no mínimo três vezes na semana.

2. Nogueira

As folhas de nogueira contêm substâncias antioxidantes e diuréticas que ajudam a limpar o sistema linfático para melhorar o seu funcionamento.

Estas mantêm uma boa produção de líquido linfático e, além do mais, otimizam as funções dos rins e do fígado.

Ingredientes

  • 1 colher de folhas de nogueira secas (10 g)
  • 1 xícara de água (250 mL)

Modo de preparo

  • Adicione as folhas de nogueira em uma panela com água e deixe ferver em fogo baixo, durante cinco minutos.
  • Espere a bebida esfriar e coe.

Modo de consumo

  • Tome uma xícara de chá em jejum, durante duas semanas seguidas.

3. Aipo

Os benefícios do aipo para a saúde

A infusão de aipo ajuda a purificar o sangue para eliminar as toxinas e metais pesados que podem afetar a saúde celular.

Suas vitaminas, minerais e antioxidantes agem como estimulantes sobre o sistema linfático, evitando interferências em suas funções.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 mL)
  • 2 colheres de folhas de aipo (20 g)

Modo de preparo

  • Ferva uma xícara de água, adicione as folhas de aipo e tampe.
  • Espere repousar por uns dez minutos e coe com uma peneira.

Modo de consumo

  • Tome a infusão de aipo duas vezes por dia, por um período de duas a três semanas.

4. Bardana

Conhecida por suas propriedades depurativas e antioxidantes, a bardana é outras das ervas que podem estimular as funções linfáticas para remover os resíduos que viajam através da corrente sanguínea.

Esta facilita o alívio da inflamação e, além disso, é ideal para tratar dificuldades hepáticas e infecções.

Ingredientes

  • 1 colher de bardana (5 g)
  • 1 xícara de água (250 mL)

Modo de preparo

  • Adicione a bardana em uma xícara de água fervendo e deixe repousar por quinze minutos.

Modo de consumo

  • Tome a bebida até duas vezes por dia, no mínimo três vezes por semana.

5. Urtiga

Chá de urtiga

Os antioxidantes contidos na urtiga podem ajudar a decompor as toxinas e otimizar as funções linfáticas do organismo.

Estas substâncias controlam o excesso de inflamaçãoregulam os processos que filtram os resíduos do sangue.

Ingredientes

  • 1 colher de urtiga seca (10 g)
  • 1 xícara de água (250 mL)

Modo de preparo

  • Coloque a xícara de água para ferver, e quando começar, adicione as folhas de urtiga.
  • Reduza o fogo ao mínimo e deixe durante dois a três minutos.
  • Depois, retire do fogo e espere repousar a temperatura ambiente durante mais dez minutos.
  • Coe e consuma morno.

Modo de consumo

  • Tome uma xícara de infusão de urtiga com o estômago vazio, durante duas a três semanas seguidas.

Você sente uma sensação de incômodo e peso em seu corpo? Nota uma leve inflamação nas extremidades? Se tem estes sintomas é provável que precise estimular o sistema linfático.

Escolha qualquer um dos remédios mencionados e comprove o quão bons são para restabelecer estas funções.


Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*