Loading...
CHÁS

Confira quais são os ansiolíticos realmente naturais e eficazes


O artigo Confira quais são os ansiolíticos realmente naturais e eficazes faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.

Em decorrência da quantidade de tarefas que precisam ser executadas por dia, responsabilidade com o trabalho e corre-corre, muita gente é vítima de problemas como estresse e ansiedade. Como tratamento é comum recorrer a medicamentos que geram certa dependência. Mas, você sabia que a natureza pode ajudar a contornar os níveis de ansiedade e estresse do dia a dia, por meio dos ansiolíticos naturais?

Isso é possível, graças a medicina alternativa, que foi buscar em algumas plantas e ervas a dose ideal para se manter calmo e longe da tensão corriqueira. Elas são capazes de promover o relaxamento do organismo, controlar o estresse, acabar com a insônia, depressão e até ajudar na concentração. Para tanto, é necessário ter um certo conhecimento quanto a esses milagrosos ingredientes naturais.

Os ansiolíticos naturais mais utilizados estão enquadrados na modalidade de chá, até porque, essa é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Fora isso, alguns alimentos específicos também podem ajudar na resolução do problema. Para tanto, basta incluí-los na sua dieta diária sem qualquer prejuízo a saúde, muito menos a balança, já que muita gente também se preocupa com ela.

Confira quais são os ansiolíticos realmente naturais e eficazes

Foto: depositphotos

Ansiolíticos naturais

Chás

Para combater o estresse e a ansiedade, os chás calmantes aparecem no topo da lista das recomendações. Eles podem ser encontrados com facilidade e o preparo da bebida também é condizente com a vida corrida da maioria da população. Entre as principais ervas que podem ser utilizadas, destaque para a camomila, valeriana, passiflora, erva-cidreira, jujuba, lúpulo e centelha asiática.

Todas as ervas citadas anteriormente possuem efeito calmante. Além de controlar os níveis de estresse e ansiedade, ela também pode ser usada para combater a insônia, nervosismo e depressão. A ingestão diária do chá de algumas dessas ervas não deve ultrapassar as três xícaras. Porém, é necessário tomar alguns cuidados quando a incorporá-las no dia a dia de qualquer paciente.

Loading...
>

A pesar de se tratar de ingredientes naturais, o médico deve ser consultado. Esse profissional possui conhecimento suficiente para certificar o uso correto e consciente de qualquer ingrediente natural. Esse cuidado vai garantir também que outros problemas mais grave, como alergia e incompatibilidade com o tratamento sejam desencadeados.

Vale também fazer um alerta especial para as mulheres grávidas, lactantes e pacientes com problemas cardiovasculares, pois esses devem evitar de tomar qualquer tipo de chá, principalmente quando não passam pelo crivo de um médico. As crianças também merecem cuidado, já que muitas dessas ervas possuem substâncias fortes que podem causar problemas, principalmente pelo organismo ainda está em desenvolvimento.

Como preparar os chás ansiolíticos

Para preparar qualquer tipo de chá, uma receita pode ser tomada como base. Você vai precisar de uma panela, 200 ml de água e uma colher de sopa da erva em questão. O primeiro passo é colocar a água para ferver. Assim que ela começar a borbulhar, desligue o fogo e acrescente a erva. Deixe a panela tampada por cinco minutos, logo em seguida, use uma peneira para remover a erva e o chá está pronto para ser ingerido.

A recomendação é que a dose diária não ultrapasse as três xícaras. O mais sensato é que o próprio médico faça essa recomendação.

Alimentos ansiolíticos naturais

Seguir uma alimentação balanceada é essencial para a promoção de hábitos saudáveis. Além de evitar muitas doenças e controlar taxas que podem representar riscos para a saúde, a prática também ajuda a manter o organismo saudável. No que diz respeito aos alimentos que são considerados ansiolíticos naturais, ou seja, que combatem o estresse, ansiedade, insônia e relaxamento do organismo, alguns são indicados.

O triptofano é uma das substâncias que tratam essa condição nas pessoas. Ela ajuda na produção da serotonina, hormônio responsável pela promoção do bem-estar. Dessa forma, alimentos que possuam o triptofano em sua composição ajudam a promover o relaxamento, evitando a insônia e reduzindo o estresse.

Nas lista de alimentos ansiolíticos podem ser destacados a cereja, maçã, uva, laranja, banana, morango, aveia, mel, milho, arroz, queijo, ovo, nozes, batata-doce, leite, castanha-do-pará e alface. Eles combatem o mau humor, auxiliam no bom funcionamento do sistema nervoso, relaxa os músculo, combatem a fadiga e relaxam os músculos.

O artigo Confira quais são os ansiolíticos realmente naturais e eficazes faz parte do conteúdo do Remédio-Caseiro.



Source link

Loading...







Loading...