Como tratar a gastrite de forma rápida e caseira?

Sofrer de gastrite é muito incômodo. A dor e o ardor aparecem na parte superior do estômago, o que impossibilita o bem-estar geral do organismo.

Apesar de não ser um problema mortal, seus sintomas são pouco agradáveis e, por sua vez, indesejados.

O que é a gastrite?

É uma inflamação da mucosa gástrica, que é a encarregada de proteger as paredes internas do estômago da acidez. Quando esta é afetada, a irritação pode causar diversas reações no organismo.

Os fatores desencadeantes deste problema são vários. Dentre eles sobressaem os seguintes:

  • Estresse físico ou psicológico;
  • Infecções causadas pela bactéria Helicobacter pylori;
  • Ansiedade;
  • Consumo de álcool e cigarro;
  • Cirurgias;

Veja também: Frutas ideais para combater a gastrite

A complexidade da gastrite

Em termos gerais, cada doença costuma se caracterizar por um quadro sintomatológico comum ou similar entre pacientes. Porém, a gastrite tende a variar segundo cada pessoa.

Em função do grau de complexidade que o paciente apresente, pode precisar de uma gastroscopia.

Dentre os sintomas, podem chegar a se apresentar os seguintes:

  • Gases bucais ou arrotos;
  • Mal-estar estomacal;
  • Acidez ou ardor estomacal;
  • Flatulências;
  • Dor na área abdominal;
  • Vômito;
  • Fezes com sangue;

Remédios caseiros para tratar a gastrite

Apesar de ser um problema um pouco complexo, com base no que foi dito antes, ele pode ser tratado de diversas maneiras. Os remédios caseiros podem ser muito eficazes.

A seguir, exporemos uma série de alternativas fáceis de preparar.

Suco de batatas

Batata combate a gastrite

As batatas cruas são uma excelente alternativa para tratar a gastrite, especialmente quando se trata do suco.

Estas se caracterizam por ser um grande antiácido. Suas propriedades diminuem a inflamação estomacal, assim como o excesso de gases.

Ingredientes

Preparo

  • Descasque as batatas e rale-as.
  • A seguir, coloque-as em um coador e exerça pressão para obter o suco.

Consumo

  • O resultado deve ser diluído com um pouco de água morna para dar uma consistência mais líquida.
  • Recomenda-se ingeri-lo, pelo menos, três vezes ao dia. Pode ser uma vez antes de cada refeição (desjejum, almoço e jantar).

Água de arroz

Sua ação é similar à do suco de batata, portanto, é muito eficaz para o tratamento de uma doença como a gastrite. É uma das alternativas caseiras mais simples de preparar e consumir.

Ingredientes

  • 4 xícaras de água (1 litro)
  • 1/2 xícara de arroz (100 g)

Preparo

  • Esquente a água até que ferva e adicione o arroz.
  • Deixe cozinhar durante 8 minutos e retire do fogo.
  • Coe o arroz e reserve a água.
  • Espere que esfrie e consuma 2 vezes por dia.

E não deixe de ler: Motivos para nunca mais jogar a água do arroz fora

Iogurte natural

Probióticos do iogurte contra a gastrite

As propriedades do iogurte natural se encarregam de prevenir a inflamação da mucosa gástrica.

Graças aos probióticos e os lactobacilos presentes neste alimento, são reduzidas as possibilidades de colonização da bactéria helicobacter pylori.

  • Além de consumir o iogurte já pronto, podemos prepará-lo em casa para termos a certeza de que será um complemento totalmente natural.
  • Para prevenir ou tratar a gastrite basta ingerir 3 xícaras deste iogurte ao longo do dia.

Aveia

A aveia se encarrega de tratar a inflamação e a acidez causadas pela gastrite. Além disso, graças ao seu teor de fibra solúvel, tem múltiplos benefícios para o organismo em geral.

Ingredientes

  • 1 xícara de aveia em flocos (300 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Preparo

  • Esquente a água e cozinhe a aveia durante 6 minutos.
  • Evite adoçar com açúcar.
  • É recomendável consumir pela manhã, durante o desjejum.

Mel orgânico

Mel contra a gastrite

Dentre os múltiplos benefícios do mel orgânico encontramos também o de combater a gastrite, já que reduz a acidez.

Além disso,  ajuda a reparar a mucosa gástrica e evitar os sintomas.

Ingredientes

  • 1 copo de água (200 ml)
  • 2 ou 3 xícaras de mel orgânico (50 ou 75 g)

Preparo

  • Esquente um copo de água a uma temperatura suportável.
  • Adicione o mel, misture bem e consuma.

É recomendável fazer este tratamento caseiro em jejum.


Source link