como tratá-los com remédios caseiros

Muitas mulheres sofrem, em algum momento de sua vida, uma infecção de fungos vaginais (o que se conhece como vaginite).

A vaginite tem como sintomas principais o ardor e a dor, assim como a produção de odores desagradáveis.

Em sua grande maioria, estes processos são originados por fungos que crescem no ambiente quente e úmido dos genitais femininos.

Há diferentes remédios naturais que podemos usar para paliar os efeitos dos fungos vaginais.

Os probióticos

Os alimentos probióticos são mais benéficos do que os medicamentos antibióticos para o tratamento dos fungos na vagina.

Estes alimentos contêm micro-organismos que estão ativos em nosso intestino e podem chegar a alterar a flora intestinal, com efeitos muito benéficos.

O costume de ingerir alimentos ou suplementos probióticos pode combater e restaurar a flora natural do estômago que proíbe as infecções por fungos como a cândida.

Veja também: Combata as infecções das vias urinárias com estes 5 remédios naturais

Os benefícios do vinagre de cidra de maçã

Vamos aproveitar as propriedades do vinagre de sidra de maçã para fazer uma ducha vaginal.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de vinagre orgânico (30 ml)
  • 6 colheres de sopa de água (60 ml)

O que fazer?

  • Combine o vinagre de maçã e adicione-o ao dispositivo da ducha para aplicar na região vaginal.

O alho orgânico

Comer vários dentes de alho fresco todos os dias é um bom remédio contra os fungos na vagina. É possível que nos deixe com um hálito ruim, mas é um remédio muito efetivo para paliar os efeitos da candidíase.

A razão desta utilidade é que o alho tem propriedades antifúngicas que previnem este tipo de infecções.

Além disso, o alho é um antibacteriano e um antibiótico natural muito conhecido.

Óleo orgânico de orégano

Óleo de orégano

O óleo orgânico de orégano também é um bom remédio contra os fungos na vagina. Para obter os máximos benefícios é importante que esta erva seja silvestre.

O que fazer?

  • Ainda que possamos encontrar diferentes formatos no mercado, as cápsulas são uma das formas mais cômodas de consumi-lo.
  • Deve-se consumir em duas ou três doses diárias, depois de comer.

Óleo orgânico de árvore do chá

O óleo de árvore do chá é um agente antifúngico natural muito efetivo.

O que fazer?

  • Para utilizá-lo, coloque algumas gotas do óleo orgânico de árvore de chá em um O.B e coloque-o na vagina por 4 horas.
  • O processo deve se repetir pela manhã e à tarde, durante dois ou três dias.
  • Lembre-se que não se deve dormir a noite usando o O.B.

Os mirtilos e seu poder curativo

Os benefícios do suco de mirtilos

Estes pequenos frutos vermelhos têm um grande poder curativo. Não servem só para curar infecções na bexiga, mas também para as causadas por fungos vaginais.

  • Além de ser um bom tônico reprodutivo para a mulher, o suco natural de mirtilo pode servir para restituir o equilíbrio saudável do pH da vagina.
  • Desta forma, os fungos vaginais podem ser combatidos.

Iogurtes orgânicos

O iogurte orgânico é outro dos melhores remédios para restaurar a flora vaginal e conseguir o equilíbrio do pH.

O que fazer?

  • Pode-se usar por contato, de forma tópica. Bastará colocar um pouco na vagina diretamente e deixar que atue durante várias horas antes de lavar.
  • Também podemos untar um O.B com iogurte e introduzi-lo na vagina por mais ou menos duas horas.

Procure usar roupas leves e folgadas

Não usar roupas apertadas demais

Ainda que pareça algo muito básico, usar roupas folgadas é um dos grandes remédios contra as infecções causadas por fungos vaginais.

Dentre outras razões, porque os fungos se desenvolvem pior em ambientes frescos e secos e melhor em entornos quentes e úmidos.

Usar roupas leves e peças íntimas folgadas fará com que seja possível que o oxigênio se mova, e dessa forma poderá prevenir o crescimento de fungos.

Recomendamos também a leitura de: Diga adeus ao corrimento vaginal excessivo com estes 6 remédios caseiros

Evite os produtos femininos irritantes

Há sabonetes e outros produtos de cosmética que podem irritar as regiões mais delicadas do corpo feminino.

Muitos destes têm em sua composição álcool e outros princípios ativos tóxicos que podem alterar o pH da vagina e torná-la mais vulnerável a infecções.

O efeito do estresse

Mulher estressada

Muitas pessoas têm uma quantidade natural de candidíase no corpo, ainda que um corpo saudável seja o obstáculo para o desenvolvimento dos fungos.

O problema é que, se há uma infecção, o corpo inteiro se desequilibra.

Os estilos de vida estressantes podem originar candidíase em excesso, já que o sistema imunológico se enfraquece.

É preciso dedicar o tempo necessário para descansar e se recuperar, principalmente depois de ter passado por episódios estressantes na vida.

Contra o estresse, a meditação, a ioga, os exercícios frequentes e as massagens são algumas medidas muito boas de controle.


Source link