Como escolher jerimum na hora de comprar esse alimento

O fruto é muito usado, sendo apreciado devido às diversas possibilidades que ele pode oferecer também para a saúde

Dependendo da região em questão o jerimum também pode ser conhecido por abóbora ou moranga. Na culinária, o ingrediente é muito usado, sendo apreciado devido às diversas possibilidades que ele pode oferecer. Além do mais, o jerimum é rico em vitaminas e sais minerais, o que atua de forma benéfica para a saúde.

Levando em consideração o pouco que foi apresentado até agora sobre o jerimum, certamente já deve ter dado aquela vontade de correr no supermercado ou feira livre para comprar o fruto. Porém, existem alguns macetes que podem auxiliar nessa escolha, levando em consideração a qualidade e aproveitamento.

Benefícios do jerimum

Antes de correr até os locais de venda, conheça um pouco mais sobre os diversos benefícios que o jerimum pode trazer para a saúde. Primeiro de tudo, é importante saber que o fruto é rico em betacaroteno e minerais como potássio e cálcio. Além do mais ele também contém vitaminas dos complexos A, B e C.

Foto: depositphotos

O jerimum possui uma das mais baixas taxas de gorduras e sódio, principais fatores que levam ao entupimento de veias do coração. Para as pessoas que querem perder peso, o fruto pode ser visto como aliado, já que possui baixa concentração calórica e pode ser adicionado a dieta como substituta da batata inglesa.

Jerimum para a saúde

No que diz respeito à saúde, o jerimum previne a hipertensão arterial, quem já teve infarto ou sofre de angina no peito deveria comer abóbora pelo menos três vezes por semana, pois o alimento é muito eficaz no combate a afecções coronárias e arteriosclerose.

Por apresentar efeitos diuréticos ela atua em favor dos rins, aumentando a produção de urina e eliminando afecções renais. A polpa da abóbora também é capaz de eliminar a acidez do estômago e proteger a mucosa que faz uma camada de proteção interna para o órgão, sendo recomendada para quem sofre de gastrite, úlceras no estômago, pirose ou dispepsia.

Ela também apresenta efeito laxante sobre o intestino e, por isso, é muito recomendada para pessoas que sofrem de prisão de ventre. Além do mais, ela também é indicada na prevenção de diversos tipos de câncer.

Como escolher jerimum

Depois de conhecer o que o seu consumo proporciona para o corpo, agora sim, chegou a hora de saber escolher jerimum da melhor qualidade. O primeiro passo é prestar atenção a aparência da casca. Ela deve se apresentar sem brilho, já que as muito brilhosas representam que elas foram colhidas antes do tempo.

O passo seguinte é escolher jerimum prestando bem atenção a sua aparência geral: machucados, ferimentos, mofo ou outros sinais que demonstrem a falta de qualidade. No manuseio, tome cuidado com as pancadas, pois a área afetada pode apodrecer com facilidade. Depois de cortada, a melhor forma de conservá-la é na geladeira.


Source link