Combata o excesso de oleosidade na pele com uma loção de água de arroz

A produção excessiva de oleosidade na pele é uma desordem que ocorre quando a atividade das glândulas sebáceas é perturbada.

Estas são responsáveis pela produção de óleos naturais que, além de manter a hidratação, criam uma barreira protetora contra toxinas e agentes nocivos do meio ambiente.

O problema é que a superprodução pode obstruir os poros e, com isso, causar imperfeições como cravos e acne.

Além disso, uma vez que o sebo tem uma textura oleosa, a superfície da pele começa a parecer brilhante e suja.

O problema é que nem todos sabem como controlá-la e, na busca de suavizar a pele, usam produtos que pioram a alteração do pH.

Por esse motivo recomenda-se o uso de cosméticos de origem natural que, devido à sua fórmula suave, controlam esta condição sem causar efeitos colaterais indesejados.

Nesse espaço, queremos compartilhar uma loção de água de arroz cujas propriedades eliminam o excesso de gordura enquanto nutrem a pele profundamente.

Você ousa experimentar?

Loção de água de arroz para remover o excesso de gordura da pele

 

O arroz é um alimento que é consumido em todo o mundo e, de fato, ocupa o segundo lugar em termos de produção de cereais.

Destaca-se por suas múltiplas propriedades nutricionais que, além de dar energia ao corpo, ajudam a atender os requisitos do organismo.

Embora seus principais usos sejam gastronômicos, existem maneiras alternativas de usá-lo no que tem a ver com a beleza.

Na verdade, algumas empresas de cosméticos o utilizam no desenvolvimento de seus tratamentos e cremes antienvelhecimento, já que suas propriedades promovem a regeneração da pele.

Acontece que, embora muitos ainda o desconheçam como um produto de beleza, na cultura oriental tem sido usado por centenas de anos como base para adstringentes e rejuvenescedores.

Não saia sem antes ler este artigo: Você sabia que pode estar sofrendo de refluxo gastroesofágico? Conheça seus sintomas e tratamento

Arroz contra a oleosidade na pele

Loading...

Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*