Aprenda a identificar um abusador de crianças

Ser capaz de identificar a um abusador de crianças é um tema fundamental nos tempos de hoje.

Porém, reconhecê-lo pode ser uma tarefa difícil, já que são pessoas que ganham a confiança das crianças das quais abusam.

A primeira coisa que devemos fazer é conhecer o perfil de um possível abusador.

Perfil de um possível abusador de crianças

1. Transforma-se em um amigo da família

Ele tenta se relacionar com a família, ser bem visto, e por isso é muito sociável, cuida das crianças, as leva para passear, para fazer compras…

Ele tenta ser muito próximo, se tornar amigo da criança e ganhar sua confiança.

2. Em sua grande maioria os abusadores são conhecidos das crianças

Loading...

Segundo estudos realizados pela Associação Americana de Psicologia, 30% das crianças abusadas sexualmente foram vítimas de um familiar, 60% foram vítimas de um adulto que era conhecido e 10% das crianças abusadas foram atacadas por um desconhecido.

3. Características próprias dos abusadores de crianças

Geralmente contam com um histórico de abuso no passado, seja físico ou sexual. Alguns sofrem de transtornos psíquicos ou de personalidade.

4. Têm trabalhos que lhes permitem estar próximos às crianças

Professora com criança

Passam várias horas com eles como professores, cuidadores, treinadores…. Eles asseguram que amam as crianças, que elas são sua vida.

5. São muito astutos e geniosos

Usam truques, atividades, jogos, para ganhar a confiança e guardar segredos que sabem que vão usar como fonte de poder. Os jogos são de conteúdo sexual, carinho, beijos e toques indevidos, expor o menor a material pornográfico, extorsão, suborno, mas feito não afeto e amor para confundir e isolar às crianças com estas táticas.

Algumas características do abusador de crianças

Guardam lembranças, roupas, livros, brinquedos

Não focam em uma só criança, podem ter vários alvos para atacar e podem abusar de vários menores.

Não sentem culpa por seus atos

Criança triste

Esse comportamento é definido como sociopatia, quando a pessoa não sente empatia pelo outro e nem arrependimento por suas ações.

Muitas vezes a vítima é considerada um objeto

Alguns dizem que é uma maneira de evitar o sofrimento que eles infringem às crianças.

Geralmente os abusadores foram vítimas de abuso ou maus-tratos na infância

Experiências sexuais e de violência anormais; é aí onde se iniciam os transtornos de personalidade.

Loading...

Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*