A arte de não perder a calma durante uma discussão: 5 chaves para alcançá-lo

Quem não guarda em sua memória uma discussão onde perdeu a calma, onde as emoções o superaram e não pôde defender seus argumentos de uma forma mais eficaz e construtiva.

Saber discutir, se é que não há remédio além de fazer isso, não é algo simples e nem uma prática que todos saibam realizar.

Frequentemente costuma-se dizer que se um não quer, dois não brigam.

Porém, há instantes em nossa vida pessoal e profissional onde não há outra saída além de começar esse diálogo complexo onde abundam repreensões, as versões confrontadas e as pequenas tensões.

“É impossível refutar ao ignorante em uma discussão”

– Immanuel Kant –

Porém, é necessário saber fazê-lo bem, com inteligência e temperança, e sem perder a calma para poder assim dispor de uma mente livre com a qual usar bons argumentos e estratégias adequadas com as quais triunfar.

Hoje, aqui em nosso espaço, queremos propor aplicar estas 5 estratégias com as quais controlar suas emoções ao máximo.

1. Conheça quem está na sua frente, mas antes de tudo, conheça a si mesmo

Loading...

Conhecer aos demais é sabedoria, mas conhecer a si mesmo é iluminação. Agora, por que é necessário conhecer a si mesmo para discutir com eficácia?

  • Para não perder a calma devemos trabalhar nossas forças interiores, nossa segurança e nossa autoestima.
  • Se alguém cai na desqualificação dizendo coisas como “você é incompetente ou seu ego é muito inflado”, nada disso deve lhe afetar porque você sabe exatamente como você é.

Portanto, o que não é certo não tem porque causar danos.

  • Para sair por cima de uma discussão é preferível que conheçamos os pontos fracos da outra pessoa.
  • Saber, por exemplo, que quem está na minha frente apresenta uma baixa autoestima ou que é alguém que transforma sua insegurança em agressividade, nos permitirá ficar mais afastados, mais seguros de nós mesmos.

O conhecimento e o saber se conectar com nós mesmos e com quem está diante de nós confere um controle maior sobre a situação.

2. Em toda discussão apague suas emoções negativas

Se você quiser manter a calma em uma discussão, deve aprender a controlar suas emoções negativas.

A raiva, o orgulho, o despeito, a ira, o nervosismo… tudo isso são dimensões que nos colocam na defensiva e com as “garras” preparadas.

Chega um momento em que nos colocamos em “modo de ataque”, e é assim como perdemos o controle, deixamos de argumentar de forma lógica para derivar só nas reprovações e nos diálogos rígidos onde não chegamos a nada.

Para tomar as rédeas da situação, faça o seguinte:

  • Visualize-se fora de você. Você está encarando essa discussão de fora, em calma e sossego.
  • Nada pode machucá-lo dali, está bem consigo mesmo, abraçado com sua autoestima.
  • Agora, pense que argumento poderia dar para que essa situação fosse para um bom caminho.

3. Não responda de imediato, dê-se um tempo

Desenho de relõgio de areia

Loading...

Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*