8 formas de desenvolver a sua resiliência diariamente

O termo resiliência tem uma raiz etimológica muito interessante: vem do latim resiliens, que significa voltar atrás, voltar de um salto, ressaltar ou ricochetear.

Por outro lado, sempre é bom se lembrar que esta palavra tem sua origem no mundo da física, onde faz referência a materiais que têm a propriedade natural de se dobrar sem se quebrar para voltar a sua forma original.

Pensemos, por exemplo, em um arco. Em como o dobramos para impulsionar a flecha e como, aos poucos, volta ao seu estado anterior.

Por outro lado, é importante destacar que a palavra resiliência, esta dimensão que agora tanto nos inspira no dia a dia, foi popularizada pelo neurologista, etólogo e psicanalista Boris Cyrulnik, conhecido principalmente por seu livro “Os patinhos feitos”.

Estamos, sem dúvidas, diante de uma estratégia essencial que vai muito além do simples crescimento pessoal: é uma ferramenta de vida, é aquele trampolim que deve nos levantar em cada momento de fraqueza, em cada desânimo e, sobretudo, em cada adversidade.

A seguir oferecemos 8 dicas para que você comece a aprofundar e a potencializar muito mais esta dimensão que todos temos. Basta trabalharmos para despertá-la e fortalecê-la.

1. Sinta suas emoções

Como desenvolver a resiliência

Loading...

Não inibia seus medos, suas frustrações, não esconda sua tristeza ou sua raiva: canalize todas estas emoções fazendo-as presentes primeiro e entendendo-as depois.

Trata-se de encontrar aquele ponto intermediário onde não se deve permitir que elas nos controlem nem nos obriguem a escondê-las.

Para nos conhecermos, para potencializarmos nossa resiliência no dia a dia, é necessário nos convertermos em adequados gestores de nosso vasto e às vezes complexo universo emocional.

2. Lembre-se daquele momento do passado em que você enfrentou uma adversidade

Todos, ao longo de nosso ciclo vital, fomos heróis da adversidade, saímos triunfantes de um momento complexo, de uma decepção, de uma encruzilhada, de um abandono, de uma doença ou um contratempo.

Quase sem saber como, conseguimos. De nosso interior surgiu uma força inesperada que tornou fácil o difícil, que nos trouxe recursos pessoais que não sabíamos que tínhamos.

Tenha em mente estes momentos de seu passado no qual saiu vitorioso: são sua inspiração para o aqui e agora.

3. Sair para caminhar todos os dias

Caminhar para desenvolver a resiliênciaCaminhar para desenvolver a resiliência

Pode parecer muito simples, e pode ser que muitos não compreendam qual relação a caminhada tem com a resiliência.

O exercício suave, mas constante, gera mudanças boas em nosso cérebro: libera endorfinas, nos traz calma, nos ajuda a nos situar na realidade, a oxigenar o cérebro, a reduzir o nível de cortisol no sangue…

Esse equilíbrio interno melhora nossas emoções e nos permite também aprender a sermos mais resistentes, assim como mais flexíveis.

Loading...

Source link

Loading...