7 dicas para proteger seus ossos e prevenir a osteoporose

O sistema ósseo é uma estrutura complexa que se encarrega de sustentar o corpo e lhe oferece estabilidade para que possamos nos movimentar com normalidade.

Dentre outras coisas, os ossos desempenham um papel muito importante em outras funções vitais, tais como produzir glóbulos vermelhos e brancos o suficiente para evitar o desenvolvimento de doenças.

O problema é que, como acontece com os demais órgãos, muitos fatores podem debilitá-los e lhes causar doenças que diminuem a qualidade de vida.

Ainda que a idade seja um dos fatores mais comuns, também está comprovado que os ossos podem ser afetados por uma má alimentação, por traumatismos ou questões genéticas.

A osteoporose é uma das patologias que mais influenciam nisso, sendo esta uma consequência da diminuição da massa óssea.

Muitas pessoas estão em risco de desenvolvê-la e, de fato, podem estar desenvolvendo-a sem perceber.

O problema é que não manifesta com sintomas iniciais contundentes e costuma passar desapercebida até que o dano seja mais grave.

Felizmente, existem muitos métodos para preveni-la e tratá-la, evitando as complicações ou os danos irreversíveis.

Nesta ocasião queremos revelar 7 interessantes dicas para que comece a proteger seus ossos desde agora.

1. Consuma produtos lácteos para evitar a osteoporose

O consumo regular de produtos lácteos é uma das melhores formas de fortalecer e proteger os ossos.

Este tipo de alimentos contém altos níveis de cálcio, um mineral essencial para a formação e a força do sistema ósseo.

Porém, é primordial analisar se sofre de intolerância à lactose já que, caso seja assim, seu consumo pode ser prejudicial.

Leia também: Como prevenir a dor nas cartilagens?

2. Aumente o consumo de vegetais verdes

Os vegetais de folhas verdes são uma fonte excelente de cálcio e outros nutrientes essenciais que participam na formação dos ossos.

Estes são pobres em calorias e ricos em substâncias antioxidantes que ajudam a minimizar os efeitos negativos dos radicais livres.

Alguns destaques são:

  • O brócolis.
  • O repolho.
  • A rúcula.
  • A salsa.
  • A alface.

3. Coma frutos secos e sementes

Frutos secos contra osteoporose

Apesar de os produtos lácteos se destacarem por seu teor significativo de cálcio, este mineral também pode ser obtido de alimentos de origem vegetal.

Os frutos secos e algumas sementes contam com enormes quantidades deste nutriente e outros minerais essenciais para a saúde óssea.

Por exemplo, 30 gramas de amêndoas contêm 75 mg de cálcio, enquanto que 30 gramas de sementes de gergelim oferecem 37 mg.

Também pode ser obtido de:

  • As sementes de girassol.
  • Os amendoins.
  • As nozes.
  • A semente de chia.

4. Não se esqueça da vitamina D

Ainda que o cálcio seja o nutriente mais destacado na formação dos ossos, é primordial ter em conta que ele só é absorvido quando temos os níveis adequados da vitamina D.

Assim, é primordial ingerir alimentos cuja composição inclua este nutriente e, por sua vez, obtê-lo com banhos de sol de 15 ou 20 minutos.

Assegure-se de tomar o banho de sol em horários pouco prejudiciais e tomar medidas de precaução para evitar as queimaduras ou lesões.

5. Evite o cigarro e o álcool

Pessoa com osteoporose que deixou de fumar

As toxinas que o tabaco e as bebidas alcoólicas contêm são prejudiciais para a saúde óssea e de outros sistemas do corpo.

Seu consumo excessivo diminui os reflexos e incrementa o risco de quedas e possíveis fraturas.

Além disso, alteram os processos de limpeza do sangue e conduzem ao desenvolvimento de patologias graves.

6. Faça exercício regularmente

O exercício físico é um dos hábitos mais recomendados para cuidar da saúde óssea e das articulações.

A prática de uma rotina de treinamento, sem importar o tempo que se dedique por dia, fortalece os ossos, previne a deterioração precoce da cartilagem e reduz o risco de lesões.

De fato, alguns exercícios são desenvolvidos para trabalhar de forma direta os ossos, e prevenir a diminuição de sua massa.

Visite este artigo: 6 exercícios para manter o cérebro em forma

7. Limite o consumo de açúcares

Açúcar deve ser evitada com osteoporose

O consumo excessivo de açúcares refinados e bebidas carbonatadas aumenta os níveis de acidez no sangue e diminui a densidade óssea.

Estes alimentos são muito ácidos para o organismo, por isso deve usar sua reserva de minerais na busca por equilibrar o pH.

Visto que o cálcio é usado em outras tarefas, os ossos e os dentes começam a se deteriorar gravemente.

Para concluir, ao melhorar os hábitos de vida, especialmente quanto à alimentação, pode-se reduzir o risco de problemas no sistema ósseo.

Adote as medidas mencionadas e descubra que são chaves para o seu bem-estar.

 

Imagem principal oferecida por © wikiHow.com


Source link