7 causas comuns do excesso de gases estomacais

Os gases estomacais ou flatulências são um dos sintomas mais comuns e inevitáveis na vida de todos os seres humanos.

São causados por algumas bactérias que colonizam o intestino, as quais podem ser estimuladas por problemas internos ou reações a agentes externos.

Apesar de não serem um problema de saúde grave, a maioria se acumula e tende a provocar odores desagradáveis que acabam causando estresse social.

Devido a isso, é primordial conhecer quais podem ser suas causas e quais hábitos devem melhorar para reduzir sua recorrência.

Nesta ocasião queremos compartilhar as 7 mais comuns para que tome as medidas necessárias para evitá-las. Descubra!

1. Desequilíbrios na flora bacteriana

Loading...

Os excessos de gases no estômago podem ser o resultado de um desequilíbrio bacteriano na flora que protege o intestino.

Esta situação é comum após sofrer uma doença digestiva como, por exemplo, uma gastroenterite ou infecção.

Dado que o pH estomacal tende a sofrer uma mudança brusca, a produção de gás aumenta e algumas bactérias têm mais facilidade para proliferar.

  • Para estes casos é conveniente aumentar o consumo de alimentos probiótico e pré-bióticos, ideais para repovoar as bactérias saudáveis.

2. Fermentação dos alimentos no intestino

Algumas bactérias presentes no trato digestivo se encarregam de fermentar certos alimentos para facilitar sua decomposição no processo de digestão.

Ainda que, em geral, seja uma atividade que acontece no intestino grosso, em ocasiões as bactérias passam para o intestino delgado e geram uma fermentação precoce.

Visto que os alimentos ainda não foram digeridos completamente, os gases aumentam e descem por todo o sistema até ser liberados como flatulências.

O mais preocupante é que podem causar inflamação, dor e outros sintomas que afetam a qualidade de vida.

3. Comer muito rápido

Mulher comendo alimentos que causam gases

As pessoas que terminam seu almoço em questão de minutos, seja pela falta de tempo ou por alguma distração, tendem a sofrer de contínuos episódios de gases estomacais.

Isso se deve ao fato de que acabam engolindo grandes quantidades de ar durante as refeições, o que aumenta a presença de gases no intestino e, por onde, posteriores arrotos e flatulências.

4. Consumo excessivo de lácteos

Apesar de algumas pessoas nunca terem tido problemas para assimilar os produtos lácteos, a passagem dos anos pode causar graves dificuldades.

A idade e a exposição contínua a alguns fatores podem diminuir os níveis da enzima lactasse, responsável por ajudar a digerir os produtos lácteos.

Loading...

Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*