7 alimentos que podem ajudar

Saiba como combater os roncos, um som desagradável que ocorre como produto de uma dificuldade ou obstrução nas vias respiratórias.

É considerado um dos transtornos noturnos mais incômodos, visto que sua recorrência pode interferir nas horas de sono e impedir um descanso acolhedor.

Apesar de costumar se desenvolver de forma leve e passageira na maioria dos casos, há quem tenha que recorrer ao médico por medo de sofrer de apneia obstrutiva do sono.

Esta consiste em uma dificuldade respiratória forte que causa uma interrupção temporária da respiração, por pouco mais de 10 segundos.

Visto que diminui os níveis de oxigênio, a respiração volta à normalidade com um som mais forte, o que indica que o ar tenta passar através de um canal respiratório estreito.

Apesar de em muitos casos a intervenção médica ser necessária, há alguns hábitos saudáveis que podem ajudar a combater os roncos de forma significativa.

Por exemplo, alguns alimentos contam com propriedades e nutrientes que relaxam os canais respiratórios e diminuem as possibilidades de sofrer deste sintoma durante o período de descanso.

A seguir, queremos compartilhar os 7 melhores para que você não deixe de consumi-los.

1. Tofu para combater os roncos

O tofu é um alimento de origem oriental preparado através de um processo de coagulação e prensagem do leite de soja, de modo similar a como se prepara o queijo a partir do leite.

Ele se caracteriza por sua textura mole e cor branca, além de seu alto teor nutricional e baixo teor de calorias.

Ainda que seja conhecido como um complemento para perder peso de forma saudável, também é um bom remédio contra os roncos contínuos.

Isto se deve ao fato de que relaxa a garganta e permite que as respirações sejam contínuas e suaves durante o período de sono.

2. Mel

Valorizado por seu alto teor de nutrientes essenciais e açúcares naturais, o mel é um excelente alimento para combater muitos transtornos que afetam a qualidade do sono.

Como suaviza a garganta e as vias respiratórias, é ideal para prevenir os roncos associados com a congestão.

Além disso, seu consumo estimula a produção de melatonina, uma substância química que favorece um sono profundo e reparador.

3. Peixes de águas frias e profundas

Salmão e atum

Todas as variedades de peixes azuis (de águas frias e profundas) contêm grandes quantidades de antioxidantes e ácidos graxos ômega 3, cuja absorção oferece muitos benefícios à saúde.

Seu consumo, pelo menos duas vezes por semana, limpa as artérias, reduz o excesso de colesterol e previne o desenvolvimento de transtornos cardiovasculares.

Por outro lado, é um bom complemento da dieta para quem luta contra os roncos, já que suas gorduras naturais relaxam os músculos da garganta e diminuem as dificuldades respiratórias.

4. Alho

O alho contém substâncias sulfurosas que, depois de absorvidas, descongestionam as vias respiratórias e previnem o desenvolvimento de infecções.

Seu consumo cru exerce um efeito anti-inflamatório na garganta, diminuindo os incômodos sons respiratórios ao dormir.

5. Azeite de oliva

Azeite de oliva

Considerado uma das melhores gorduras que podemos incluir em nossa alimentação, o azeite de oliva é um bom remédio para combater os roncos naturalmente.

É rico em ácidos graxos essenciais e compostos anti-inflamatórios que ajudam a ter uma melhor qualidade de sono ao evitar a obstrução ou o estreitamento dos canais respiratórios.

6. Amêndoas

As amêndoas, assim como a bebida vegetal que se obtém delas, são um bom remédio para combater os roncos noturnos.

Proporcionam quantidades significativas de vitaminas, minerais e gorduras saudáveis cujo consumo fortalece e alivia os tecidos das garganta para que as vibrações ao respirar não sejam afetadas.

Também são muito saciantes e diminuem as interrupções de sono associadas à sensação de fome.

7. Alecrim

Ramo de alecrim

O alecrim é uma erva saudável que, além de dar um sabor delicioso aos pratos, conta com potentes ativos medicinais que ajudam a proteger a saúde.

Suas propriedades expectorantes, anti-inflamatórias e descongestionantes facilitam o tratamento da irritação da garganta, e diminuem os sintomas da apneia e do ronco comum.

Também promove a limpeza dos canais respiratórios, de modo que eliminam as toxinas e facilitam a passagem do oxigênio através destes.

Ainda que os alimentos citados não sejam uma solução contundente contra os roncos, seu consumo regular ou diário ajuda a diminuir este incômodo sintoma.

Procure combiná-los em seus planos de alimentação e descubra todos os seus benefícios.

Imagem principal oferecida por © wikiHow.com


Source link

Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*