5 razões para você ter coceira vaginal sem estar com uma infecção

A coceira vaginal é um problema comum que aflige muitas mulheres em diferentes fases da vida.

É muitas vezes o resultado de infecções causadas pela alteração no equilíbrio do pH na região íntima, mas existem muitos outros fatores pelos quais isso pode ocorrer.

Seja qual for a razão, não deixa de ser algo muito incômodo e que pode causar preocupação e insegurança.

Estas são algumas das razões pelas quais você pode estar sofrendo de coceira vaginal quando não se trata de uma infecção.

1. A vulvite

Este é o termo médico dado para a irritação da vulva. Pode ser causada por:

  • O uso de sabonetes com produtos químicos agressivos para esta área delicada.
  • O uso de papel higiênico com corantes ou compostos irritantes.
  • Lavagem de forma brusca durante o banho.
  • O uso prolongado de roupas de banho ou roupas de ginástica.

Uma das melhores formas de prevenir a coceira vaginal causada por vulvite é lavar a área íntima com um sabonete especial e adequado ao pH dessa região e água morna.

Também é recomendável evitar o uso de desodorantes vaginais, talcos e outros produtos que contenham produtos químicos fortes.

Veja também: Cuidado! As duchas vaginais podem dobrar o risco de câncer de ovário

2. Depilação

Existem muitas técnicas de depilação que provocam coceira vaginal. Isto porque a pele da área da vagina é muito sensível e reações alérgicas são desencadeadas.

Portanto, é normal que, depois da remoção dos pelos você comece a sentir a coceira.

As lâminas, máquinas de barbear e até mesmo os cremes podem produzir grande irritação na pele e ocasionar pelos encravados que se tornam infectados.

É recomendável não se depilar com tanta frequência. Fazendo a remoção dos pelos a cada 15 ou 20 dias você vai dar tempo à sua pele de se recuperar. Enquanto isso,  poderá cuidar da área com um creme indicado para acalmar a irritação.

3. Doenças sexualmente transmissíveis (DST)

A coceira vaginal também pode ser causada por doenças sexualmente transmissíveis, mas não se assuste.

Isso acontece com muito pouca frequência porque, na maioria dos casos, essas doenças não apresentam sintomas em seus estágios iniciais e, só aparecem como secreções de mal cheiro e dor.

Ainda assim, as mulheres infectadas por doenças sexualmente transmissíveis podem sentir coceira vaginal como um dos primeiros sintomas.

Geralmente, tratando-se de uma doença sexualmente transmissível você verá um conjunto de outros sintomas.

No caso do herpes, além da coceira vaginal, pode ser estimulado o aparecimento de pequenas saliências vermelhas na região.

O herpes é uma das DSTs mais comuns e espalhadas. Embora geralmente não leve a consequências mais graves deve ser tratada a tempo para evitar possíveis sequelas crônicas.

Loading...

Source link

Loading...