4 remédios caseiros para eliminar as pulgas

Seu animal de estimação está com pulgas? Não se culpe, diferentemente do que costumamos pensar, elas não aparecem porque seu bichinho está sujo.

Os insetos se alimentam de sangue e ficam nos lugares onde acreditam que irão viver melhor.

O pelo dos animais se converte no local ideal para os parasitasA pelagem se transforma em seu refúgio, assim como no local perfeito para deixar seus ovos.

Por isso, se você encontrou alguma em casa, pode colocar mãos à obra para eliminar as pulgas sem problemas de consciência.

Já sabemos que no mercado existe uma ampla variedade de produtos para tal fim, mas se nós nos tratamos com remédios caseiros, por que não fazer o mesmo com nosso animal de estimação?

Os produtos sintéticos têm um efeito similar neles e no corpo humano. Por um lado, prejudicam a saúde da epiderme e, por outro, se infiltram no organismo e pioram a qualidade do sangue.

Como eliminar as pulgas com remédios naturais

1. Um banho com vinagre de maçã

O vinagre de maçã tem propriedades fungicidas e antibióticas. Assim, conseguiremos nos desfazer das pulgas, e ao mesmo tempo desinfetaremos a área.

Este último é importante, já que ao eliminá-las, a cavidade pela qual se alimentam fica aberta. Por isso, existe um risco de infecção que tratamos com este remédio.

Ingredientes

  • 3 colheres de vinagre (30 mL)
  • 4 xícaras de água (1 litro)

Utensílios

  • Uma esponja
  • Um pente especial para os animais de estimação

Modo de preparo e aplicação

  • Esquente a água: você o conhece bem e sabe qual temperatura usar para que não passe frio.
  • Verta o vinagre.
  • Embeba a esponja na mistura e passe pelo pelo.
  • Não se esqueça de prestar atenção em determinadas áreas, como atrás das orelhas ou no pescoço.
  • Permita secar ao ar livre.
  • Para terminar, pentei-o para que as pulgas que estejam aderidas grudem nas cerdas.

Veja também: Os 7 melhores usos domésticos do vinagre de maçã

2. Água de limão para eliminar as pulgas

Cúrcuma e limão para eliminar as pulgas

O cheiro do limão afugenta as pulgas. Além disso, como no caso anterior, conta com propriedades desinfetantes.

Ingredientes

  • 1 limão
  • 4 xícaras de água (1 litro)

Utensílios

Modo de preparo e aplicação

  • Esquente a água e corte o limão em rodelas.
  • Quando a água ferver, adicione o limão.
  • Retire a água do fogo e deixe repousar umas doze horas fora da geladeira.
  • Espalhe a mistura pelo pelo de seu animal de estimação.
  • Escove para acabar com as pulgas que ficam.

3. Absinto em casa

Remédios naturais para eliminar as pulgas

Esta é a melhor opção quando não se quer incomodar o animal, já que basta colocar a planta de absinto na casa.

A chave está no cheiro que ajuda a eliminar as pulgas. Este repele os insetos, por isso serão as pulgas que irão embora.

Para conseguir, pode optar por cultivá-las em casa ou comprar saquinhos de infusão e colocá-los nos lugares mais transitados por seu animal de estimação.

Recomendamos ler: Óleo de citronela: um bom repelente para mosquitos e piolhos

4. Óleo de tomilho

Tomilho para eliminar as pulgas

Este tratamento é perfeito para complementar os anteriores. Existem áreas às quais é mais difícil ter acesso, por isso é bom reforçar a terapia com elementos como este.

Devemos estar atentos ao cheiro que desprende. No instante que se perde, é hora de voltar a colocá-lo se você acredita que ainda existam pulgas ou se prefere prevenir antes de curar.

Ingredientes

Utensílios

  • Um pilão
  • Um coador
  • Um recipiente com conta-gotas

Modo de preparo e aplicação

  • Desfolhe o tomilho.
  • Lave bem as folhas com água e seque-as.
  • Coloque-as no pilão para que soltem o óleo.
  • Quando notar que já extraiu todo o óleo, use o coador para separar as folhas do suco.
  • Verta o óleo no recipiente.
  • Aplique o óleo de tomilho nos lugares mais problemáticos.

Com estes remédios caseiros é muito fácil eliminar as pulgas. Além disso, você não colocará em risco a saúde de seu amigo peludo, já que não o exporá a elementos químicos, que são mais suscetíveis a provocar efeitos secundários.

Ele merece ser cuidado com mimo e dedicação. Afinal, não é verdade que poucas pessoas nos amam com a mesma entrega que os animais?


Source link